Mês: abril 2019

Calendário Lunar

Você sabe o que é o calendário lunar? Conhece, mas ainda tem dúvidas sobre o assunto? Então fique atento porque vamos lhe explicar do que exatamente ele se trata.
Algumas noites, quando olhamos para a lua, ela está cheia e brilhante; às vezes é apenas um pedaço de luz prateada enfeitando o céu; por vezes sequer a vemos no céu. Essas mudanças na aparência são as fases da lua. À medida que a lua orbita em volta da terra, ela passa por oito fases distintas, sendo quatro as mais importantes de serem explicadas. São as quatro fases primárias, que ocorrem com cerca de uma semana de intervalo de uma para a outra.
O que significa isso? Vamos explicar para você agora, conceituando as fases da lua dentro do calendário lunar!

Fases da lua

A lua tem fases porque orbita em volta da terra, o que faz com que a porção que vemos iluminada mude de um período para o outro. A Lua leva 27,3 dias para orbitar a terra, mas o ciclo da fase lunar é de 29,5 dias. A Lua gasta os 2,2 dias extras para completar o ciclo porque a terra viaja cerca de 45 milhões de milhas ao redor do sol durante o tempo em que a lua completa uma órbita ao redor da terra. É por isso que podemos ver com precisão as fases da lua dentro de cada mês do ano, ao que damos o nome de “calendário lunar”.
As fases a que nos referimos são lua nova, lua crescente, lua cheia e quarto minguante. Nas duas primeiras, dizemos que a lua está em fase crescente. Nas duas últimas, dizemos que está em fase decrescente. A fase crescente acontece dentro da primeira quinzena do mês e a fase decrescente, dentro da segunda quinzena do mês.
Viu como é simples compreender o calendário lunar? Então agora compreenda cada uma dessas fases e como situá-las dentro de cada mês.

Lua Nova

Essa é a primeira fase da lua e não conseguimos enxergá-la, porque ela está posicionada entre o sol e a terra. É a época em que a lua está no céu durante o dia, nascendo por volta das 6h e se pondo por volta das 18h. Sua ocorrência se dá normalmente nos primeiros sete dias do mês.

Lua Crescente

O termo crescente se deve à impressão que temos de que a lua está “crescendo”, já que uma pequena parte está iluminada e o restante não. Nesse período vemos apenas ¼ de sua totalidade. Nessa fase a lua costuma “nascer” por volta do meio dia e se “por” por volta da meia noite.Sua ocorrência se dá normalmente entre o 8º e o 14º dia do mês.

Lua Cheia

Trata-se da fase mais deslumbrante da lua, pois é o período em que ela está completamente iluminada e visível, trazendo mais beleza ao calendário lunar. Isso se deve ao fato de que a terra está entre o sol e a lua. Nessa fase a lua “nasce” por volta das 18h e se “põe” por volta das 6h do dia seguinte.Sua ocorrência se dá normalmente entre o16º e o 22º dia do mês.

Lua Minguante

Essa é a última fase da lua, quando ela está encerrando o ciclo. Novamente é possível ver somente ¼ da lua, mas dessa vez porque ela está voltando á sua posição original para novamente retomar seu curso de órbita ao redor da terra. Nessa fase a lua “nasce” por volta da meia noite e se “põe” aproximadamente ao meio dia.Sua ocorrência se dá normalmente entre o 23º e o 31º dia do mês.

O calendário lunar é muito simples de se compreender e sua utilização nos ajuda a compreender o funcionamento do universo, onde os astros vivem em harmonia universal para o equilíbrio do cosmos.

Corpus Christi

De onde surgiu o Costume de Celebrar o “Corpo de Cristo?

A solenidade de Corpus Christi acontece sempre após a Páscoa

Quando tomamos conhecimento do termo Corpus Christi e vemos a imensidão das comemorações que são feitas todos os anos em todo o ano pode ser que fiquemos, a princípio, nos questionando a respeito do que isso significa exatamente.

É claro que a tradução literal é bastante simples de se fazer e isso é bastante normal, sendo até mesmo intuitivo. Afinal, trata-se de um termo latino, muito próximo da nossa língua, que é Corpus (corpo) e Christi (de Cristo). Ou seja, trata-se da festa do sagrado corpo de Cristo que os fiéis acreditam ser o grande Salvador da humanidade, a quem devem o altíssimo preço da remissão dos seus pecados.

Mas é quanto ao significado dessa festividade para toda a sociedade e os cristãos em geral? Como podemos compreendê-la e dar-lhe pleno significado, a fim de que todas as pessoas compreendam o por que de essa data comemorativa existir?

Vamos responder a todos esses questionamentos com as explicações que trazemos para você agora!

Uma festa de caráter católico

O Corpus Christi é uma festa eminentemente católica, que nesses termos significa “universal”, pois está presente e atuante em todos os lugares do mundo, conforme estabelecido por sua fé. E nesse dia os fieis são chamados a celebrar solenemente o Corpo de Cristo. Trata-se de uma solenidade em que a Igreja Católica celebra o dia da Eucaristia, um dos Sete Sacramentos, que, segundo sua fé, é o próprio Corpo e o próprio Sangue de Cristo.

Agora sobre a importância dessa data comemorativa…

O próprio termo “solenidade” já indica o alto grau de importância dessa data comemorativa, já que o ápice das celebrações católicas são as solenidades, utilizadas para as festividades que envolvem a divindade (Pai, Filho e Espírito Santo) e algumas da Mãe de Jesus, Maria.

Para a comemoração desse dia são celebradas Missas, organizadas procissões, feitas adorações ao Santíssimo Sacramento, ministradas palestras e mais uma porção de coisas que são costumes do povo católico para reverenciar a divindade de seu Senhor.

Mas não somente os católicos são chamados à adoração

Certos de que esse é o meio por excelência de prestar verdadeira adoração ao Senhor, os católicos têm o costume de chamar para esse momento de celebração todas as pessoas que desejam de fato amar e adorar a Cristo Jesus. Por isso não podemos deixar de enaltecer que o Corpus Christi é uma festa de toda a humanidade e não apenas de um povo ou de uma etnia.

Esse mistério não pertence a uma religião ou a um clã. Ele é de todos os que desejam adorar plenamente ao Senhor!

De onde surgiu o Costume de Celebrar o “Corpo de Cristo”?

A celebração do Corpus Christi foi instituída em 08 de setembro de 1264 pela Bula Transiturus, promulgada pelo Papa Urbano IV que vislumbrava já naquela época a necessidade de se adorar o Cristo que, para os católicos, está vivo na Eucaristia. O religioso afirmava que a Eucaristia era de tamanha importância para a Igreja que merecia uma data dedicada unicamente à sua comemoração, pois embora todos os dias fossem dias de se adorar o Senhor Eucarístico, parecia-lhe inconcebível que não houvesse um dia em especial dedicado a isso. E desde então os fieis criaram o costume de fazer procissões, participar da Missa e comungar em agradecimento ao que creem ser o símbolo maior do amor de Deus pela humanidade, que é o sacrifício de salvação do Senhor.

Nesse dia, os fieis enfeitam as ruas com tapetes ornamentados com imagens e figuras que recordam a Eucaristia; neles um Sacerdote passa trazendo consigo um Ostensório onde se encontra a Hóstia Consagrada para adoração. Com hinos e orações as pessoas acompanham a procissão e, mesmo que ao seu modo, prestam homenagens a Jesus.

Essa Solenidade é uma Festa Móvel e não é Feriado Nacional

A solenidade de Corpus Christi acontece sempre após a Páscoa, sendo o costume religioso no Brasil celebrá-la na quinta-feira após o Domingo da Santíssima Trindade. Por isso não é possível precisar a sua data, já que a mesma depende de quando será a Páscoa. Ou seja, essa data varia bastante de um ano para o outro.

Um fato interessante é que a celebração do Corpo de Cristo não é feriado nacional, mas sim ponto facultativo, cabendo a cada governo decidir decretar a paralisação dos serviços ou não. Mas habitualmente há dispensa de serviço em todo o país nesse dia.

E um fato bastante interessante a se notar é que a celebração do Corpus Christi sempre se dá numa quinta-feira, devido à tradição católica que tem na quinta-feira um dia semanal dedicado à Eucaristia. Mas o que há de bom? É que sendo assim sempre há a possibilidade de um feriado prolongado, que serve para um bom descanso e até mesmo para se fazer uma viagem e conhecer as tradições dessa belíssima solenidade em outros lugares do Brasil.

O Corpus Christi é uma festa em memória ao próprio Jesus, que na Última Ceia disse aos seus Apóstolos: “Fazei isso em minha memória”. Aos que creem, esse é um ótimo momento para praticar a fé!

Portanto, se você é crente na Eucaristia e deseja prestar homenagens a Jesus, na certeza de que Ele se sacrificou para dar vida a mim e a você, o dia de Corpus é uma excelente oportunidade de exercitar a fé!