Mês: novembro 2019

Cálculo da quantidade de semanas em um ano

Existem anos comuns, que possuem 365 dias que tem aproximadamente 52,1428 semanas, ou seja, 52 semanas + 1 dia. E existem anos bissextos que tem 366 dias com 52 semanas e 2 dias.



Para saber quantas semanas tem um ano, você precisa dividir o número total de dias que um ano possuem (Por Ex. 365) pela quantidade de dias de uma semana (07 dias). Veja mais detalhes abaixo.

Cálculo da quantidade de semanas em um ano comum

Um ano comum tem tem 365 dias no calendário :
1 ano comum = 365 dias = (365 dias) / (7 dias / semana) = 52.1428 semanas = 52 semanas + 1 dia.

Cálculo da quantidade semanas em um ano bissexto

Um ano bissexto no calendário ocorre a cada 4 anos. Saiba mais sobre o Ano bissexto

Um ano bissexto no calendário tem um total de 366 dias, quando fevereiro tem 29 dias;
1 ano bissexto = 366 dias = (366 dias) / (7 dias / semana) = 52.285 semanas = 52 semanas + 2 dias

Gráfico de quantidade de semanas em um ano

ANOSEMANAS EM UM ANOANO BISSEXTO
202052 semanas + 2 diasSim
202152 semanas + 1 diaNão
202252 semanas + 1 diaNão
202352 semanas + 1 diaNão
202452 semanas + 2 diasSim
202552 semanas + 1 diaSim
202652 semanas + 1 diaSim

Números da semana em 2020

Todas as semanas tem início na segunda-feira e termina no domingo (Norma internacional ISO-8601).



  • Ultima semana 2019: 23 de dezembro a 29 de dezembro de 2019
  • 1ª semana: 30 de dezembro de 2019 a 5 de janeiro de 2020
  • 2ª semana: 6 de janeiro a 12 de janeiro de 2020
  • 3ª semana: 13 de janeiro a 19 de janeiro de 2020
  • 4ª semana: 20 de janeiro a 26 de janeiro de 2020
  • 5ª semana: 27 de janeiro a 2 de fevereiro de 2020
  • 6ª semana: 3 de fevereiro a 9 de fevereiro de 2020
  • 7ª semana: 10 de fevereiro a 16 de fevereiro de 2020
  • 8ª semana: 17 de fevereiro a 23 de fevereiro de 2020
  • 9ª semana: 24 de fevereiro a 1 de março de 2020
  • 10ª semana: 2 de março a 8 de março de 2020
  • 11ª semana: 9 de março a 15 de março de 2020
  • 12ª semana: 16 de março a 22 de março de 2020
  • 13ª semana: 23 de março a 29 de março de 2020
  • 14ª semana: 30 de março a 5 de abril de 2020
  • 15ª semana: 6 de abril a 12 de abril de 2020
  • 16ª semana: 13 de abril a 19 de abril de 2020
  • 17ª semana: 20 de abril a 26 de abril de 2020
  • 18ª semana: 27 de abril a 3 de maio de 2020
  • 19ª semana: 4 de maio a 10 de maio de 2020
  • 20ª semana: 11 de maio a 17 de maio de 2020
  • 21ª semana: 18 de maio a 24 de maio de 2020
  • 22ª semana: 25 de maio a 31 de maio de 2020
  • 23ª semana: 1 de junho a 7 de junho de 2020
  • 24ª semana: 8 de junho a 14 de junho de 2020
  • 25ª semana: 15 de junho a 21 de junho de 2020
  • 26ª semana: 22 de junho a 28 de junho de 2020
  • 27ª semana: 29 de junho a 5 de julho de 2020
  • 28ª semana: 6 de julho a 12 de julho de 2020
  • 29ª semana: 13 de julho a 19 de julho de 2020
  • 30ª semana: 20 de julho a 26 de julho de 2020
  • 31ª semana: 27 de julho a 2 de agosto de 2020
  • 32ª semana: 3 de agosto a 9 de agosto de 2020
  • 33ª semana: 10 de agosto a 16 de agosto de 2020
  • 34ª semana: 17 de agosto a 23 de agosto de 2020
  • 35ª semana: 24 de agosto a 30 de agosto de 2020
  • 36ª semana: 31 de agosto a 6 de setembro de 2020
  • 37ª semana: 7 de setembro a 13 de setembro de 2020
  • 38ª semana: 14 de setembro a 20 de setembro de 2020
  • 39ª semana: 21 de setembro a 27 de setembro de 2020
  • 40ª semana: 28 de setembro a 4 de outubro de 2020
  • 41ª semana: 5 de outubro a 11 de outubro de 2020
  • 42ª semana: 12 de outubro a 18 de outubro de 2020
  • 43ª semana: 19 de outubro a 25 de outubro de 2020
  • 44ª semana: 26 de outubro a 1 de novembro de 2020
  • 45ª semana: 2 de novembro a 8 de novembro de 2020
  • 46ª semana: 9 de novembro a 15 de novembro de 2020
  • 47ª semana: 16 de novembro a 22 de novembro de 2020
  • 48ª semana: 23 de novembro a 29 de novembro de 2020
  • 49ª semana: 30 de novembro a 6 de dezembro de 2020
  • 50ª semana: 7 de dezembro a 13 de dezembro de 2020
  • 51ª semana: 14 de dezembro a 20 de dezembro de 2020
  • 52ª semana: 21 de dezembro a 27 de dezembro de 2020
  • 53ª semana: 28 de dezembro a 3 de janeiro de 2021
  • 1ª semana 2021: 4 de janeiro a 10 de janeiro de 2021




Dia da Bandeira

O Dia da Bandeira é uma festa cívica brasileira, com tradição secular, que marca um dia para se contemplar a Bandeira do Brasil e a ela fazer reverência, como forma de prestar homenagens à Pátria brasileira, nossa mãe comum, a quem devemos todas as honras por nos acolher como filhos. Conheça melhor esse item da história do nosso povo e por que devemos estar cientes da nossa responsabilidade de trata-la com  enorme carinho e respeito. No Dia da Bandeira, devemos estar com o coração leve, apenas procurando maneiras de reverenciar a bandeira pelo amor que temos à nossa Pátria.

Conhecendo a Bandeira do Brasil

A bandeira da República Federativa do Brasil é um dos principais símbolos nacionais e no geral costuma trazer sentimentos de amor à Pátria a todas as pessoas.

Ela se caracteriza por ser um retângulo verde, um losango amarelo, em cujo centro é uma esfera azul com uma faixa branca através do mesmo, em que é escrito Ordem e Progresso e, além disso, contém 27 estrelas que representam os estados do país, já contabilizados o Distrito Federal (onde está Brasília, a Capital da República) e os estados que foram criados mais recentemente.

A bandeira brasileira também é conhecida por muitas pessoas pelo nome de Auriverde, especialmente quando a seleção brasileira de futebol é mencionada.

Veja quantos dias faltam para o dia da Bandeira em 2020.
A data de hoje é .
O dia da Bandeira é comemorado dia 19 novembro.
Faltam 304 dias para o dia da Bandeira.
Dia da Bandeira - Conhecendo a Bandeira do Brasil
Novembro 2020
DoSeTeQuQuSe
01020304050607
08091011121314
15161718192021
22232425262728
29300102030405
06070809101112
Legenda Feriados Nacionais  Feriados Nacionais

Mudanças na Bandeira do Brasil

A bandeira do Brasil, como muitas outras, sofreu várias modificações ao longo do tempo, conforme ocorreram mudanças históricas no país.



A atual bandeira do Brasil substituiu a antiga que representava o Império do Brasil. No entanto, esta última bandeira também sofreu pequenas modificações como resultado da nomeação de novos estados, podendo ainda ser modificada em razão de novas eventualidades ou necessidade de mudança.

Sobre o Dia da Bandeira

Festa de máxima importância dentro do calendário civil brasileiro, o Dia da Bandeira, comemorado anualmente por todos os brasileiros, é um feriado de observância nacional, ao qual estão obrigados todos os cidadãos, exceto aqueles que estão submetidos a regimes de trabalho que não lhes permita parar as atividades para gozar o descanso cívico.

Portanto, se você não está no rol dos trabalhadores que estão proibidos ao feriado, este dia será excelente para você ficar em casa e descansar.

Historicidade

Em verde e amarelo, todo dia 19 de novembro o Brasil comemora o Dia da Bandeira como símbolo nacional do país. Todo um argumento histórico para a sua independência e posterior República. Você quer saber o motivo de sua lembrança?

Foi em 19 de novembro de 1889, quando, pelo Decreto 4, elaborado por Benjamin Constant Botelho de Magalhães, o Brasil adotou sua bandeira atual. Baseado na antiga bandeira do Império do Brasil, foi criado por Jean-Baptiste Debret em 1820. Posteriormente, a Igreja Positivista fez mudanças e o disco azul do pintor Décio Vilares foi adicionado.

No entanto, não é a primeira bandeira do país. Durante seu tempo como uma colônia de Portugal, a da fundação do Principado do Brasil, o território cunhou uma esfera dourada armilar (modelo que imita o cosmos) em um campo branco para a fundação do Reino do Brasil em 1815.

Agora, dois séculos depois, o Brasil mostra as ruas da bandeira atual criada por Constant ajudada por Teixeira Mendes e Pereira Reis, eminente da criação da República como uma forma de governo.

Participar da celebração oficial na Esplanada dos Ministérios, em Brasília ou visitar o Monumento às Bandeiras na Praça Armando de Sales Oliveira de São Paulo são apenas alguns dos atos que predominam durante o Dia da Bandeira. Embora se você é um turista e quer para fazer a viagem, você sempre pode ir para o Museu Histórico Nacional do Rio de Janeiro ou passear pelas ruas do Brasil, onde as escolas e faculdades em todo o país realizam atividades comemorativas para esse dia ficar marcado na lembrança das pessoas.