Batalha do Jenipapo

Anualmente, no dia 13 de março, a população piauiense e todos os brasileiros tem a alegria de comemorar a memória da Batalha do Jenipapo, uma longa disputa entre o Exército Brasileiro e o Exército Português, ocorrida em solo pertencente à então Província do Piauí, tendo sido esta decisiva para o processo de Independência do Brasil.

Muitos fatos ocorreram antes, durante e após essa batalha, o que no final de tudo culminou com a bem sucedida atuação dos militares brasileiros, que lograram êxito na batalha.

Compreenda mais sobre a Batalha do Jenipapo e a sua importância para que nós, brasileiros, conseguíssemos nossa tão sonhada independência em relação a Portugal.

Quantos dias faltam para comemoração do dia da Batalha do Jenipapo em 2020?
hoje é .
O dia da Batalha do Jenipapo é comemorado anualmente, no dia 13 de março.
Faltam 120 dias para o dia Batalha do Jenipap em 2020
Batalha do Jenipapo
Março 2020
DoSeTeQuQuSe
01020304050607
08091011121314
15161718192021
22232425262728
29303101020304
05060708091011
08: Dia Internacional da Mulher
13: Batalha do Jenipapo
20: Início do outono

O que foi a Batalha do Jenipapo

A Batalha de Jenipapo ocorreu perto do rio Jenipapo na então Província do Piauí, em 13 de março de 1823, tendo como protagonistas o Exército Brasileiro e o Exército Português durante a Guerra da Independência Brasileira, sendo uma das mais cruéis e sangrentas da história da independência. Ela foi decisiva para a independência do Brasil e a consolidação de seu território nacional, pois demonstrou, além de organização, a determinação e luta de um povo que desejava se tornar soberano.

Vale ressaltar que os brasileiros lutavam com instrumentos simples, não armas de guerra, não tinham experiência, ou seja, entraram em combate sem maiores conhecimentos de guerra.

Fazemos questão de relembrá-la porque infelizmente a Batalha do Jenipapo é esquecida pela população, devido às poucas menções a ela, embora seus lutadores tenham sido verdadeiros heróis da pátria. Em nossa concepção, essa data comemorativa precisa ser lembrada como uma das mais significativas de toda a nossa história.

No Estado do Piauí essa data já está imortalizada, havendo comemorações para relembrar anualmente o 13 de março. E para abrilhantar essas comemorações, o Governo do Estado costuma conceder a Ordem de Mérito do Renascimento do Piauí. E a cidade de Campo Maior, por sua vez, concede o fornecimento da Medalha de Mérito Heróis do Jenipapo.

Com isso, temos já implantada uma data comemorativa digna de muito respeito e sentimento cívico por parte de toda a população.

Sobre os eventos da Guerra

A população de Campo Maior, ao saber que o Major Fidié vinha de Parnaíba para tentar sufocar a população e obriga-la a permanecer sob os domínios de Portugal, decidiram enfrenta-lo para evitar que ele alcançasse seus propósitos.

Na noite de 12 de março, os homens da cidade e arredores foram arregimentados. Todos queriam lutar para se livrar do domínio português do Piauí. As mulheres encorajaram seus maridos, parentes e amigos; embalaram tudo o que poderiam vender, fizeram todos os sacrifícios imagináveis, todos determinados a se unirem em um ideal: lutar.

O amanhecer em 13 de março de 1823 marcou um dia claro com várias nuvens e muito quente. Foi um ano em que a seca castigou o nordeste.

Sinal de controle, todas as pessoas se reuniram em frente à Igreja de Santo Antônio. Os guerreiros do Piauí e do Ceará não usavam uniformes. Fora da cidade para receber o Major Fidié, houve uma performance com a música da banda em que ocorreu um desfile militar. Surgiram os bravos guerreiros que lutariam pelo Brasil. Sem antecipar os passos, levaram a chama da liberdade queimando no peito. A certeza da morte não amedrontou as almas daqueles que morreriam por sua pátria.

Infelizmente muitos dos lutadores brasileiros morreram quando a batalha teve início, mas o mais importante foi que conseguiram impedir a marcha do exército português, que se chegasse à capital encontraria um terreno de fácil domínio.

Esse gesto de bravura e coragem demonstra o quanto os brasileiros realmente estavam dispostos a construir sua liberdade diante do poderio português e que iriam fazê-lo a todo o custo.

Por isso devemos estar sempre prontos para relembrar a memória desses bravos guerreiros da Batalha do Jenipapo, que com suas vidas defenderam nosso processo de independência e contribuíram para que o Brasil fosse realmente um país soberano, a nossa pátria amada!