Dia de São Jorge

O Dia de São Jorge, comemorado universalmente no dia 23 de abril, é um dos mais comemorados pelas pessoas fieis, que acreditam no poder de proteção e intercessão dos santos. E nesse termo de fé e crença popular nos referimos não somente ao catolicismo, mas também às religiões de matriz africana, que o veem como uma de suas entidades, como por exemplo a Umbanda, que o invoca sob o termo de Ogum. Portanto, o Dia de São Jorge não pertence somente a uma nação ou religião: trata-se de uma devoção popular que ultrapassa os limites geográficos e religiosos.

Para mais informações sobre essa data comemorativa, tão importante para os povos do mundo inteiro e de particular significado para os habitantes do Rio de Janeiro, fique aqui com a gente! Nossa equipe preparou uma explanação sobre o tema para que você tire todas as suas dúvidas e alimente sua devoção.

Quantos dias faltam para o dia da festa de São Jorge em 2020?
hoje é .
O dia de São Jorge é comemorado dia 23 de abril.
Faltam 130 dias para o dia da celebração de São Jorge 2020
Dia de São Jorge 2020
Abril
DoSeTeQuQuSe
29303101020304
05060708091011
12131415161718
19202122232425
26272829300102
03040506070809
10: Paixão de Cristo
12: Páscoa
21: Tiradentes
23: Dia de São Jorge

Devoção vinda de Portugal

O Dia de São Jorge é comemorado com muito amor em Portugal porque o país nutre especial devoção pelo santo, que é o grande Padroeiro de toda a nação. E foi das terras portuguesas que essa devoção chegou até o Brasil, ainda no período da colonização. Com uma cultura religiosa já enraizada e profunda fé de que São Jorge provia a segurança dos navegantes em busca da descoberta de novas terras, os portugueses passaram adiante a ideia de que bastava recorrer ao santo para que nenhum mal acometesse as pessoas devotas.

Além de Portugal, também a Inglaterra possui forte devoção com o santo, tendo-o como seu Padroeiro. Assim como a Turquia, onde fica a Capadócia, cidade onde São Jorge nasceu, exerceu o ofício de soldado e sofreu o martírio.

No Rio de Janeiro também é comemorado com muito fervor, embora ele não seja o Padroeiro do Estado. Tanto que o governo do Estado proclamou o dia 23 de abril como feriado estadual, a fim de que as pessoas tenham a oportunidade de comemorar com todo o zelo e responsabilidade.

Quem foi São Jorge?

São Jorge era um soldado grego das origens da Capadócia, membro da Guarda Pretoriana do imperador romano Diocleciano, que foi condenado à morte por se recusar a negar sua Fé cristã. Ele se tornou um dos mais venerados santos e Megalo-mártires do Cristianismo, e ele foi especialmente venerado como um santo militar desde as Cruzadas.

Na hagiografia, como um dos Quatorze Santos Auxiliares e um dos mais proeminentes santos militares, ele é imortalizado na lenda de São Jorge e o Dragão. Seu memorial, o Dia de São Jorge, é tradicionalmente celebrado em 23 de abril, data de muita felicidade e celebrações por todas os fiéis do santo.

Um pouco de história… São Jorge e o dragão

A lenda de São Jorge e o Dragão foi registrada pela primeira vez no século 11, em uma fonte georgiana. Chegou à Europa no século XII. Na Lenda de Ouro, pelo arcebispo de Gênova, Jacobus da Varagine, do século XIII , a morte de George estava nas mãos de Dacian e do ano de 287.

A tradição conta que um dragão feroz estava causando pânico na cidade de Silene, na Líbia. Na época, o São Jorge chegou lá. A fim de evitar que o dragão devastasse as pessoas da cidade, eles davam duas ovelhas a cada dia para o dragão, mas quando as ovelhas não eram suficientes, eram forçadas a sacrificar humanos em vez das duas ovelhas. O ser humano a ser sacrificado era eleito pelo próprio povo da cidade e naquela época a filha do rei foi escolhida para ser sacrificada, mas ninguém estava disposto a ocupar o seu lugar. São Jorge salvou a menina matando o dragão com uma lança. O rei ficou tão grato que lhe ofereceu tesouros como recompensa por salvar a vida de sua filha, mas São Jorge recusou e, em vez disso, deu-os aos pobres. As pessoas da cidade ficaram tão impressionadas com o que testemunharam que se tornaram cristãs e foram todas batizadas.

Nesse dia, desejamos o aquecimento de sua fé e a busca por todas as coisas que sejam de fato gratificantes. E que São Jorge interceda por cada um de nós!

Símbolos

O símbolo mais reconhecido é a cruz de São Jorge. Esta é uma cruz vermelha sobre um fundo branco, que geralmente é exibido como uma bandeira. E para se ter uma ideia do quanto essa devoção é forte em todo o mundo,  ela é usada como bandeira nacional da Inglaterra, fazendo parte da bandeira da União, a bandeira nacional do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte. A cruz de São Jorge era originalmente a bandeira da República marítima de Gênova. Por volta de 1190, o rei da Inglaterra começou a pagar o Doge de Gênova para proteger navios originalmente da cidade de Londres e do resto da Inglaterra que navegava no Mediterrâneo.

Durante as cruzadas nos anos 1100 e 1200, os cavaleiros ingleses usaram a cruz de São Jorge como parte de seu uniforme. É a bandeira oficial da Inglaterra há séculos, mas a bandeira da União, uma combinação da cruz de São Jorge, da cruz de Santo André e da cruz de São Patrício, é a bandeira nacional do Reino Unido. Agora, a cruz de São Jorge é usada como símbolo nacional pelos torcedores das equipes inglesas de futebol, rúgbi e críquete. Em partidas internacionais, bandeiras e lenços com essa cruz são usados ​​e as pessoas pintam em seus rostos. E também tem um lugar de destaque nas armas da cidade de Londres e as bandeiras da cidade de Barcelona, ​​na Espanha e no país da Geórgia.

Nesse Dia de São Jorge 2020 damos honras ao santo, que é tão reconhecido e amado pelas pessoas que buscam mais bênçãos e graças de Deus.