Categoria: Festa Popular

Carnaval 2020

A maior festa popular de todo o mundo, o carnaval é um dos grandes orgulhos do povo brasileiro, que tem nele uma das maiores expressões de sua cultura. Pessoas de todos os lugares do planeta, atraídas pela alegria contagiante dos brasileiros, costumam vir para o país à busca de mais diversão e da possibilidade de conhecer mais sobre essa festa que costuma parar (literalmente) o país.

Se você quer saber mais sobre o carnaval 2020, que é a data comemorativa mais movimentada de todo o calendário brasileiro, aqui nós reunimos as melhores informações e vamos indicar para você com exclusividade e riqueza de detalhes.

Vamos lá?

Veja quantos dias faltam para o Carnaval 2020.
hoje é .
Carnaval é uma grande comemoração anual, que marca um dos períodos mais longos de festividade no Brasil. Carnaval 2020: É comemorado entre os dias, 24, 25 e 26 de fevereiro 2020.
Faltam 80 dias para o dia do Carnaval 2020
dia da Mentira
Fevereiro 2020
DoSeTeQuQuSe
26272829303101
02030405060708
09101112131415
16171819202122
23242526272829
01020304050607
25: Carnaval
26: Cinzas

As Origens do Carnaval

A origem da festa está relacionada a alguns rituais de fecundidade da terra, organizados na passagem do ano e no início da primavera. As pessoas costumavam pedir boas colheitas e agradecer quando as obtinham. Sendo assim, no princípio a festa carnavalesca (que ainda não tinha esse nome) tinha como objetivo unicamente proporcionar a confraternização das pessoas que haviam conseguido boas plantações e colheitas.

Sobre o Carnaval

Cores vibrantes, música animada e espetáculo sem fim fazem parte do carnaval, uma celebração que dura vários dias no Brasil. A festa é conhecida como o MardiGras do hemisfério sul, graças à vibe estridente e roupas coloridas que enchem as ruas por dias a fio. Celebrações e desfiles são realizados em todo o país, principalmente na cidade do Rio de Janeiro e nos estados brasileiros da Bahia e Pernambuco, e os viajantes podem se tornar parte da ação. As celebrações de carnaval variam, mas os visitantes podem sempre esperar um grande momento, com toneladas de dança e bebida, em qualquer parte do Brasil.

História

O Carnaval começou na década de 1830 como uma continuação da tradição portuguesa de celebrar e ceder no dia anterior à Quaresma. Quaresma é o período de 46 dias observado principalmente pelos católicos romanos como um meio de sacrifício e abstinência em preparação para a Páscoa. Durante o final do século XIX, músicos de rua e dança foram introduzidos no Carnaval do Rio de Janeiro, além de fantasias temáticas e a tradição de eleger o “rei” do carnaval. A celebração inclui música ao vivo, performances de rua, dança, carros alegóricos, fantasias, comida e bebidas.

O Sentido Trazido pela Igreja Católica

A Igreja Católica, numa tentativa de “cristianizar” os festejos carnavalescos, criou um período de penitência logo após o carnaval, a chamada “Quaresma”. E aproveitou-se do fato de que a festa já vinha tomando ares de devassidão e luxuria, para dizer que os fieis participavam dos prazeres da carne de depois eram chamados a fazer penitência, na abstinência quaresmal. Não a toa a quarta-feira de cinzas ocorre logo após os festejos carnavalescos. O simbolismo da cinza é exatamente o da penitência.

Como o Molde atual Chegou até Nós

Mas é fato que não foi esse o sentido que se firmou. Para o Brasil, por exemplo, o modelo de festa que se sagrou foi o que nos chegou por meio dos europeus, principalmente Itália e França, no século XVII. Esse modelo era o de uma festa mais pura, onde as pessoas se fantasiavam e iam às ruas unicamente com o intuito de se divertir.
O que hoje predomina no carnaval do Brasil são os bailes, os desfiles, os blocos e os carnavais de rua. Trata-se de um momento de diversão liberada e que pode ser muito bom para as pessoas, desde que tenham os devidos cuidados com sua segurança e saúde.

Carnaval do Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro tem uma das festas de carnaval mais conhecidas. Possui mais de 100 paradas de blocos, muitas das quais são apoiadas pelos alunos e funcionários das escolas de samba da cidade. O Carnaval do Rio é fortemente influenciado pelas favelas, os bairros mais pobres da cidade. Os moradores de favelas são frequentemente membros de escolas de samba locais e participam extensivamente de apresentações em grupo. Grupos famosos incluem Banda de Ipanema, Carmelitas, Cordão do Bola Preta e Suvaco do Cristo.

Cada bairro da cidade tem sua própria banda de rua, com mais de 300 bandas participando da folia. A celebração é o culminar de meses de preparação e reúne muitos tipos diferentes de pessoas.

Bahia

Carnaval da Bahia 2020 – A Bahia, localizada no nordeste do país, incorpora as influências africanas de sua população. O Carnaval integra reggae e ritmos africanos tradicionais. O Carnaval da Bahia conta com quatro grupos principais: Trios Elétricos, Indiano, Blocos Afro e Afoxés. Os Trios Elétricos fazem a alegria das pessoas nas ruas, arrastando multidões por todos os locais por onde passam. Os grupos indianos tiram seu estilo dos filmes ocidentais dos Estados Unidos e se vestem de americanos nativos, adotando nomes nativos americanos durante a celebração. Grupos Blocos Afro derivam sua influência do movimento orgulho negro e apresentam música reggae denunciando a opressão e o racismo. Os afoxés derivam sua música do candomblé, uma religião de inspiração africana.

Pernambuco

Carnaval de Pernambuco 2020– O Pernambuco, na região nordeste do Brasil, também apresenta influências africanas em seu carnaval. Grandes desfiles e danças de rua começam uma semana antes do início do Carnaval e terminam na quarta-feira de cinzas. Os grupos incluem CrazyLover, Olivia’sUnderpants e The Midnight Man, que apresenta uma boneca gigante como líder do grupo. Pernambuco criou o Frevo, predominante nos desfiles e festas do estado. Grupos organizados e indivíduos improvisantes dançam lado a lado nos desfiles.

Esses são três locais onde é possível se festejar um dos maiores e mais animados carnavais de 2020 de todo o Brasil.

Essa é uma festa que realmente traz muitas alegrias para a população e merece o destaque com o título de maior festa popular do mundo. Participe e certamente você não irá se arrepender!




Réveyllon véspera de Ano Novo 2020

A véspera de Ano Novo no Brasil é um dos dias mais especiais do ano porque trata-se da comemoração do Réveyllon, uma das festas mais tradicionais para o povo. Seja por motivos religiosos, espirituais ou puramente pessoais, os brasileiros levam muito a sério as boas-vindas do ano novo, realizando grandes celebrações e participando de vários rituais e tradições. Além do mais, dezembro é um mês de verão no hemisfério sul, e o clima deslumbrante do Brasil e a beleza natural exuberante fazem dele um excelente destino para as férias de Ano Novo.

Quantos dias faltam para o dia do Réveyllon – Véspera de Ano Novo 2020?
hoje é .
O dia Réveyllon é comemorado dia 31 de dezembro.
Faltam 390 dias para o dia Réveyllon 2020, dia 31 de dezembro.
Réveyllon véspera de Ano Novo 2020
Dezembro 2020
DoSeTeQuQuSe
29300102030405
06070809101112
13141516171819
20212223242526
27282930310102
21: Início do verão 25: Natal
31: Dia Réveyllon 2020
Legenda Feriados Nacionais  Feriados Nacionais

Sobre as festividades de Ano Novo

O Réveyllon é uma das datas que compõe as festas de final de ano e é bastante aguardado pelas pessoas durante o decorrer de todo o ano. Trata-se de uma festa bastante movimentada, com comemorações de um extremo ao outro do mundo, sempre levando as pessoas a se despedirem de um ano para recepcionarem o ano vindouro.

O que Significa esse Termo?

A palavra “Réveyllon” vem de origem francesa e tem como significado “a virada de uma noite longa”, não necessariamente apenas a noite da virada do ano. Pode designar, por exemplo, a noite de Páscoa (véspera, Sábado de Aleluia), ou mesmo a noite de Natal.

No Brasil, entretanto, convencionou-se chamar por esse nome apenas a festa de virada do ano. Essa foi a forma encontrada de dar um nome àquela que viria a ser uma das comemorações mais badaladas em todos os anos.

Família, Festas e Projeções de Futuro

O que torna ainda mais mágica a festa do Réveyllon é que nesse período do ano, em que também se comemora o Natal, as pessoas costumam estar mais sensíveis, buscando reparar seus erros e procurando uma vida nova, além de estarem projetando um casamento, a compra de uma casa, a troca do carro e muitas outras coisas que se comprometem consigo mesmas fazer no decorrer do novo ano.

Quanto à forma de se passar essa data, algumas pessoas preferem ficar em casa, na companhia de familiares e amigos mais próximos. Outras têm preferência por ir às festas promovidas das mais diversas maneiras por órgãos públicos e promotores particulares.

Maiores Festas de Ano Novo pelo Brasil

Como um país de dimensões geométricas, o Brasil tem a comemoração de Réveyllon bastante diversificada, sendo que há algumas cidades que se destacam e são o ponto de preferência dos turistas. Dentre elas queremos citar especialmente: Rio de Janeiro, Fortaleza, São Paulo, Salvador e Recife.

As festas de virada de ano são um espetáculo a parte e por isso aconselhamos você a não perder, onde quer que esteja nesse dia!

Algumas tradições brasileiras para a comemoração do Réveyllon

O povo brasileiro possui diversas tradições relativas à passagem do ano e aqui queremos lhe apresentar algumas delas. Confira!

1 – Pular 7 ondas

Se você está na praia quando a meia-noite chega, você deve pular 7 ondas e jogar flores brancas na praia para começar o Ano Novo com sorte, felicidade e prosperidade.

2 – Usar roupas íntimas de diversas cores

Mas engana-se quem pensa que as tradições roupas brancas sejam a única tradição de vestimenta para o brasileiro na virada de ano. A superstição mais comum é usar peças íntimas de cores com significados diferentes. Vestir branco é essencial, no entanto, as roupas de baixo podem incluir cores diferentes.

Os brasileiros normalmente escolhem a cor de suas roupas íntimas para atrair o que querem.

  • Amarelo: atrai dinheiro e prosperidade;
  • Rosa: atrai amor;
  • Vermelho: atrai paixão;
  • Azul: atrai harmonia;
  • Laranja: atrai sucesso profissional;
  • Verde: atrai saúde
  • Roxo: dá mais inspiração.

Diante desse quadro, você só precisa escolher qual cor deseja utilizar no Réveyllon brasileiro e atrair coisas boas para todo o ano que se inicia!

3 –  Comida Brasileira de Ano Novo

Comer romã traz riqueza. Você tem que comer sete pequenas sementes e manter as sementes em sua carteira durante a virada do ano.

Não é recomendável comer aves, como peru ou frango, pois esses animais andam para trás ou “regridem em vida”.

4 –  Sorte

Manter uma folha de louro na carteira e comer lentilhas lhe traz sorte.

5: Levar muito dinheiro

Sempre passe o Réveyllon com os bolsos cheios de dinheiro, para que você possa continuar o resto do Ano Novo da mesma maneira. Mas, você sabe, tenha cuidado em ir a qualquer lugar com maços de dinheiro em seus bolsos, pois isso pode ser muito perigoso.

A Deusa Iemanjá

Outra tradição do Réveyllon no Brasil, envolve a Deusa Iemanjá, a Rainha do Mar.

Muitos brasileiros adoram Iemanjá, que é uma divindade africana. Acredita-se que ela vigie marinheiros e pescadores, controlando o que eles pegam. Ela também é admirada por seu poder e representa a fertilidade e a família.

No Brasil, durante a construção da véspera de Ano Novo e da própria noite, os seguidores de Iemanjá vão ao litoral para fazer oferendas. Eles honram Iemanjá fazendo pequenos altares na areia e colocando velas dentro ou espalhando flores brancas pelo mar.

Tradicionalmente falando, à Deusa Iemanjá geralmente são oferecidas coisas que possuem “ânimo”. Isto significa, coisas que podem explodir, subir, desaparecer ou intoxicar. Exemplos disso incluem fogos de artifício e pipoca. Mas, além disso, acredita-se que Iemanjá se admirava, e é por isso que outros itens costumam incluir jóias, pentes, batons e espelhos.

Gostou? Então, bom Réveyllon à moda brasileira!